terça-feira, 24 de janeiro de 2012

Caixinha de Música (Canto da Bailarina)

E quem dera um dia eu possa,
Como aquela que por entre trovas,
O amor então encontrar.

Sob versos e sobre os sonhos,
Tão sincero e tão risonho
Que jamais canse de me amar.

Ah, se um dia eu pudesse
Sair ao encontro de quem me espera,
Poder livrar-me  daqui
E a prima-vera então descobrir.

Mas cá estou entre os versos
Dançando de novo, mas nos mesmos versos.
Sem teu olhar que é sincero
E que é o único que me faz sonhar.

Passam as horas os dias
E eu continuo na melancolia.
A desejar a alegria,
Mas a melodia só me faz chorar.

Onde estás?
Pra onde vás?
Por que me deixas assim...
Acaso não gostas mais de mim?

Dia
Alegria
Melodia
Melancolia

(Robson Nunes)

1 comentários:

Lidy Santos disse...

ficou muito bom amor...parabéns!

Postar um comentário